quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Erotica THE DEMOS II - Shep Pettibone Alternate Set


Segunda postagem com as famosas demos de Erotica.

Nesse post são apresentadas as demos de Shep Pettibone mas que não são as famosas da The Rain Tapes, é um set alternativo com algumas faixas que não estão na The Rain Tapes. Seis dessas faixas estão na The Rain Tapes mas vazaram nesse set também.

Bye Bye Baby (Final Demo) apresenta alguns vocais diferentes. 

Erotica (Demo Instrumental) apresenta sonoridade diferente da oficial, um áudio bastante curioso de se ter. 

Goodbye To Innocence (Demo Instrumental) é a demo instrumental ainda da versão demo de Goodbye To Innocence.

In This Life (Demo Rough Vocals) apenas vocais mais crus.

Shame (Final Edit), a versão final de Shame, música inédita que ficou de fora de Erotica. O refrão é muito parecido com Shame de Monie Love, música lançada no mesmo período da demo. Talvez por isso na época comentou-se que ambas estariam produzindo uma música juntas, o que nunca aconteceu. 

As faixas não comentadas fazem parte da The Rain Tapes e serão comentadas posteriormente. 

MEGA

MEDIAFIRE



segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Erotica THE DEMOS I



Erotica, o controverso album de Madonna em 1992 foi o marco inicial pela busca de demos, foram muitas que vazaram e muitos arquivos falsos foram compartilhados. Iremos revisar todas as demos em 3 partes. Nessa primeira parte encontramos demos diversas da Era, com produtores diversos.

Paul Pesco 
Cheat (Drunk Girl) é uma demo de Bad Girl, a diferença é a inclusão de guitarras o que se encaixou perfeitamente na música, poderia ter sido a versão oficial.

E quem é Paul Pesco ? Ele é o guitarrista nas faixas de Pre-Madonna, Lucky Star, Burning Up, algumas músicas de Erotica além de estar nas The Virgin Tour e The Girlie Show.

Paul Pesco

Dear Father é uma demo vazada em 2008 com produção de André Betts. Apesar do título essa não é mais uma música de Madonna sobre seu relacionamento com seu pai. A letra dessa demo descartada de Erotica é séria, profunda, quase uma prece mas cuja sonoridade remete completamente a produção de Erotica não combinando em nada com o teor das letras talvez por isso tenha sido descartada. A letra merecia um tratamento musical mais sério talvez como Live To Tell ou TUTBMP.

Love Hurts é uma demo de Erotica produzida pelo DJ Junior Vasquez (responsável por diversos remixes oficiais incríveis), a letra é diferente e sonoridade mais crua. O próprio disponibilizou a demo online em 2017. Neste EP acrescentamos uma versão eMaster  (melhorada) como bônus.

Secret Garden vazou em 2008 e apresenta apenas vocais mais limpos de Madonna, mesma letra e música. 




sexta-feira, 7 de agosto de 2020

Beautiful Scars (DUBTRONIC Unvisible Scars Remix)



Beautiful Scars em sua versão demo ganhou o coração dos fãs, sua levada oitentista levou a todos nós a crer que seria um sucesso. 

Então veio o lançamento de Rebel Heart e aquela demo que está pronta ganhou uma nova produção e simplesmente perdeu o encanto.

O mago Dubtronic resgatou a versão demo e produziu Beautiful Scars (DUBTRONIC Unvisible Scars Remix), um remix fantástico que ressalta o quão bela é a versão demo. Mais uma vez Dubtronic deu seu toque de Midas e o resultado ficou lindo.

Thanks Dubtronic / Artwork William 



quarta-feira, 5 de agosto de 2020

Retrosonic (The Edits I)




Hoje é dia de aniversário especial no mundo madônnico, hoje é o dia do Donny! Nossa querido Donny que ilustra tanta postagens especiais aqui no HOLIDAY SHARE.

Celebrando esse dia especial lançamos o 1º volume de Retrosonic The Edits, mas o que isso tem a ver com Donny? Donny é Retrosonic conforme foi revelado no HOLIDAY SHARE tempos atrás. Nosso remixer usou esse pseudônimo a título de experiência para lançar novos remixes, todos com a característica retrô, maravilhosos.

Nesse 1º volume temos 11 remixes. Começamos justamente com um remix ótimo para B-Day Song, uma música muito apropriada para esse dia. Crazy For You é linda. Consideramos Fever como o melhor remix produzido para essa faixa do album Erotica. Living For Love vai te fazer lembrar não só apenas a rainha do pop mas também o rei do pop. Lucky Star é uma surpresa maravilhosa, vai ter que ouvir. E tem muitas outras surpresas nesse album.

Donny, happy birthday, we wish a lot of fun and endless happiness for you.
Thanks for everything.



sexta-feira, 31 de julho de 2020

Celebration (IMP Version'20)


Por quê deixar para depois a celebração que podemos fazer agora? Foi com esse pensamento que esse single "nasceu", não estava nos planos, outro projeto estava pronto para lançamento mas o single Celebration completa hoje 11 anos de seu lançamento e resolvemos fazer uma "celebração".

HOLIDAY SHARE já havia lançado um single com remixes em Janeiro de 2010 mas muitos outros remixes foram produzidos posteriormente e aqui está o supra sumo dos remixes dessa faixa. É um single de remixes, não acrescentamos nenhuma versão instrumental, edit ou extended para que a experiência de ouvir Celebration em nada lembre a versão original, esse é um dos propósitos de cada remixer, dar uma cara nova à cada música.

Foram selecionados 18 remixes e queríamos adicionar mais 3 mas não conseguimos a tempo resgatar essas versões maravilhosas. O pack é recheado de nomes de peso que amamos como Dubtronic, Felix Meow, Idaho, Lukesavant, Retrosonic e Skin Bruno. Alguns nomes super reconhecidos  no passado também foram incluídos, remixers/projetos que nunca mais apareceram na rede como Berkab, Bosih, Keenan, RA e The Virgin, todos presentes com um ótimo remix.

Confessamos que o melhor remix é do Bosich, incrivelmente envolvente.

A arte toda colorida simboliza a celebração, a festa, a vida, em momentos de poucas cores como estamos vivendo na pandemia, colorir é necessário. As fotos são de Steven Klein tiradas na festa que Madonna fez no Rio.

Celebre Celebration

MEGA 





sexta-feira, 17 de julho de 2020

Glee Cast (The Power Of Madonna & More 15 Songs)


The Power Of Goodbye foi um episódio especial focado em Madonna no seriado Glee.

Temos certeza que esse album já foi lançado aqui mas aparentemente o Blogger "sumiu" com algumas postagens. De qualquer modo o album foi lançado hoje em nosso blog especializado em covers, They Sing Madonna. O album dedicado ao episódio e mais 15 músicas que apareceram em outros episódios nas 6 temporadas do seriado. Covers maravilhosas.

quarta-feira, 15 de julho de 2020

WORLD PREMIÈRE: Madame X Tour (KOSMMIK Studio Instrumentals Mixes)



Madame X Tour levantou muito discussão em seu início e Madonna mais uma vez provou que ela estava certo, a turnê, em teatros foi um grande sucesso. Madonna apresentou seus hits com novas músicas do album Madame X.

Em um lançamento exclusivo o querido e talentoso Kosmmik e HOLIDAY SHARE lançam hoje as versões instrumentais para Madame X Tour. Kosmmik como sempre é extremamente cuidadoso em suas produções e não poderia ser diferente nesse album que traz também versões playback para God Control, Like A Prayer e Vogue.

Kosmmik, queremos mais ;)

terça-feira, 14 de julho de 2020

I'm Breathless THE DEMOS



I'm Breathless é uma era dourada e geralmente esquecida pelos fãs e pela própria MadonnaNessa elegante era Madonna interpretou Breathless no sucesso Dick Tracy, lançou ao mundo um de seus maiores hits Vogue, brilhou e escandalizou em Blond Ambition e encerrou a era com a performance singular de Sooner Or Later.

Mesmo sendo uma era esquecida felizmente temos acesso a diversas demos entretanto nem todas vazaram com qualidade boa mas para colecionadores de Madonna é um prato cheio.

As demos legítimas são as listadas na arte, se encontrarem demos para Vogue, He's A Man, Something To Remember ... são fan made. 

As demos legítimas englobam apenas 4 faixas do album, justamente as músicas que fazem parte do filme exceto Now I'm Following You. A maior parte são demos instrumentais e o grande destaque é Sooner Or Later com vocais diferentes de Madonna. A demo do compostitor Stephen Sondheim tem o título completo, Sooner Or Later (I Always Get My Man), vale lembrar que é a ganhadora do Oscar de Tema Original.

What Can You Lose é a demo apenas com Madonna.



segunda-feira, 13 de julho de 2020

The Faces Of Erotica


O album Erotica foi um estrondoso escândalo na época e até hoje muito é dito sobre ele, bem ou mal. Muitos justificam que o album estava à frente de seu tempo. Opiniões à parte, várias demos dessa era nos mostram como é a evolução de uma música, desde sua primeira sonoridade até ser um hit.

The Faces Of Erotica mostra isso, a evolução da faixa título.


Love Hurts, demo produzida pelo DJ Junior Vasquez (responsável por diversos remixes oficiais incríveis), letra diferente e sonoridade mais crua. O próprio disponibilizou a demo online em 2017 e neste EP aparece em sua versão Emaster, o áudio foi melhorado. 

Erotica (Final Demo) é amplamente conhecida pelos fãs como You Thrill Me. Mais uma demo com alterações na letra, no caso no refrão. Na fantástica performance de Erotica na Confessions Tour Madonna usou pela primeira vez as letras de uma demo e encantou a todos com essa versão mesclada de Erotica e YTM.

Erotic, a versão que veio junto com o livro SEX, letra e sonoridade mais próximas da versão final. Erotic aparece nesse EP em sua versão Edit, promo. Prefiro essa do que a do album.

Chegamos ao produto final, Erotica, alvo de aplausos e xingamentos. Madonna é Dita e nessa música ela dá as cartas. A versão do EP é a Radio Edit lançada no single oficiail. 





sábado, 11 de julho de 2020

DONNY's Definitive Collection by HOLIDAY SHARE



Depois da super entrevista 35 Years In Music e conforme prometido aqui está a coletânea definitiva de Donny em seus 35 anos como remixer e um dos mais conhecidos e queridos remixers da Madonna.

HOLIDAY SHARE tem acesso a gigas de materiais do Donny. Selecionar alguns no meio de tanto material é uma tarefa desafiadora principalmente quando se tem 2 propósitos além de simplesmente selecionar:
- nessa coletânea definitiva precisamos contar a história de Donny e Madonna;
- precisamos de apenas 62 remixes. Por quê? Madonna completa 62 anos esse ano.
 e após um cuidadosa audição chegamos a esse belíssimo resultado, o melhor do melhor de Donny.

DONNY's Definitive Collection By HOLIDAY SHARE está dividido em 5 CD's sendo o último Chill Out With Donny. Donny citou em sua entrevista sobre uma coleção que foi engavetada Into The Mood, o volume principal foi lançado em 2011 e ganhou 3 singles, Donny é incrível com suas faixas mais ambiente/chill out e nesse CD você encontra esses remixes. 

Quais músicas foram escolhidas? HOLIDAY SHARE conseguiu reunir os melhores remixes desde os Early Days até Madame X, grandes hits mesclado com músicas que não foram singles e que amamos. Todas maravilhosamente remixada por Donny.

Além dessa compilação fantástica temos o prazer de anunciar que todos os albuns Donny's Edits serão relançados com faixas bônus, aguardem.

Para esse lançamento não poderíamos deixar de ter um arte especial e produzida por um amigo que é próximo de nós e que tem acompanhado Donny principalmente em todo o processo do projeto Remixers United, nosso querido William. Ele se inspirou em sua própria arte feita para o primeiro volume e vejam que criatividade com o MaDONNY (A). Amei. Thanks so much William, another masterpiece. 

Donny, thanks for the music all these years, Madonna is right "music makes the people come together".
















quarta-feira, 8 de julho de 2020

DONNY: 35 Years In Music Exclusive Interview


Desde o anúncio de que o projeto Remixers United iria ser encerrado em seu 10º volume, tivemos a ideia de que a cabeça do projeto, o talentoso Donny deveria ser homenageado por sua obra, não apenas com Remixers United mas como um reconhecimento pelo grande remixer que ele é. 

Aqui temos uma entrevista exclusiva com Donny, revisitando diversas etapas de sua vida como um remixer, são 35 anos de experiência e história.

A entrevista é a primeira parte dessa homenagem, no Sábado será lançado Donny's Definitive Collection, uma super coletânea, aguardem. 

Donny, obrigado pela parceria e amizade durante todos esses anos.

35 Years In Music Exclusive Interview

INCO:    How long have you been remixing?

DONNY:  That’s difficult to answer.  The years start to blur at my age.  I remember going to dance clubs – probably 1984 or 1985.  I found myself fascinated with the music that the club DJ played.  I was used to hearing popular songs as they appeared on the artist’s album.  But the versions the DJs played were different.  Although they were more “extended” versions (12-inch singles) they were different than what was played on the radio.  My curiosity peaked and I knew I wanted to get more involved.

INCO:  Is that when you started remixing?

DONNY:  First, I became a DJ at dance clubs to understand the remix format better.  But yes…that was when I first experimented with remixing.

INCO:  I would love to hear some of those old remixes from the mid-1980s.

DONNY:  Oh no, you wouldn’t, lol.  They were horrible.  Of course, at the time, I thought they were amazing!  But I can look back at them now and realize they were very bad.  I consider them to be parts of learning stages.

INCO:  I bet you remixed a lot of Madonna mixes in those early years.

DONNY:  Honestly, I didn’t mix Madonna until several years later.  I was a fan of hers, yes, but I found myself mixing other artists, like Samantha Fox, Pet Shop Boys, Dead or Alive, Eurythmics, and other artists.

INCO:  When did you begin mixing Madonna?

DONNY:  Probably in the mid-90s.  My skills were still not the best, but slowly becoming better.  I edited songs with cassette tape.  I used a sampler device for special effects and stutters.  My remixes were often “extended” remixes with a drum introduction and drum exit.

INCO:  When you and I first connected, you had already found a strong fan-base.

DONNY:  Yes, I remember you telling me that I had fans.  I did not realize that.  I always kept to myself.  Computers were not part of my life for a good amount of time during my early remixing.  So, I was very surprised to hear you tell me I had fans.

INCO:  When I think of Madonna remixers who have been around for a long time, your name is included.

DONNY:  I told you I was old!  But when you told me I had fans, I thought, “I must be doing something right.”  Which is odd.  To this day, I am never satisfied with my remixes.  I find flaws in everything.  I compare myself to other remixers and say “I’ll never be like him or her.”

INCO:  You are too hard on yourself.

DONNY:  I don’t like drawing attention to myself.  I’m humble, I guess.


INCO:  Was I the first person to reach out to you, as a fan of your work?

DONNY:  Yes, you were!  I also remember a person or group called MPAP.  They contacted me as well.  I made a couple of Donny compilations for them.  And you: over the years, I have provided you with some Donny compilations.  But only when asked.  Like I said, I’m too humble to put myself out them on my own.  And I’m fine with that.  When I released the compilations in Remixers United, rarely did I put my own track as the lead single.

INCO:  I appreciate the compilations you provided me.

DONNY:  Sometimes, though, I have an idea for a project and I get overwhelmed.  So much so, that I never complete the project.  Do you remember the compilation “Madonna A to Z, part 1”?  That’s a good example of an unfinished project.  I never made part 2.  But I would love to do that in the future.  And I made an ambient Madonna compilation.

INCO:  I remember that.  Together, we started a CD-single collection based on those tracks.

DONNY:  There you are!  Another example of forgotten and unfinished projects.  I believe we made three CD-singles with the intention of making several more.  I am so sorry, Inco, for letting you down.

INCO:  Don’t stress about it.  I am happy with what was finished.  This was, of course, before Remixers United.  Do you want to talk about RU?

DONNY:  I’m not sure there’s anything about Remixers United to tell you.  I have shared its history so many times, there’s nothing new to share.  But sure, here it is … in the shortest way possible to express it.  10 years ago, I gathered remixers from around the world to make new Madonna remixes.

INCO:  Why did you decide to stop releasing RU compilations?

DONNY: Because I had a goal of completing 10 years – a goal that I met this past Christmas.  And now I have more free time to do other things.

INCO: What other things?  Are there any projects you wish to tell about?

DONNY:  I now have time to focus on remixes of Madonna and other artists – at my own pace.  I have time to improve my remixing skills.  I would like to make Madonna remix videos – and learn how to do it better.  I want to remix for famous singers, professionally.  I would love to hear my music on the public radio.  Years ago, a local radio DJ played a mix of mine (Open Your Heart) and I almost wrecked my car in excitement!



INCO:  That must have been exciting.  Are there any other moments in your 35 years in music that you could share with me or your fans?

DONNY:  A year or two ago, I had a remix of mine included on a maxi-single that charted on the Billboard dance charts.  That is an achievement that I am certainly proud of.

INCO:  You should be.  And I am proud of you, Donny.  That is why I wanted to put this compilation together, to provide fans with a brief history of your music career.

DONNY:  When you told me about it – and how my good friend William Vipond Tait would be making the artwork – I actually teared up.  I thought: I am not worthy of your admiration.  But it showed me just how much I am loved by you, William and others.  When I think that I am not a good remixer, I now look at this new compilation that celebrates me – and I believe that you must see something there.  Something that I cannot see yet.  Thank you so much Inco and William for this tribute.  You are amazing friends.


domingo, 5 de julho de 2020

Confessions On A Dancefloor (DEMO Album 02.21.05)


Conforme anunciado pouco tempo atrás finalmente temos mais um album de demos completo do incrível Confessions On A Dancefloor
O album tem a data de 02.21.05 e tem 9 faixas. Ouvir esse album se tornou possível devido a um grupo de fãs que fizeram uma "vaquinha" para comprá-lo, infelizmente algumas pessoas o vazaram antes do prazo de lançamento que é hoje, Domingo. 

Não acredito que finalmente poderemos ouvir uma demo legítima de Jump, uma das preferidas do album embora a demo seja muito parecida com a do album o mesmo para a demo de Push, sem grandes alterações.

Sorry é o grande destaque, quase uma nova música, vocais e letras adicionais, APAIXONANTE.



Forbidden Love e Hung Up não mudam muito das versões oficiais, apenas o vocais são mais naturais enquanto History (Land Of The Free) é outra um pouco mais calma que a oficial, com vocais e letras diferentes, uma música em processo. Nunca fui fã de History e não me convenci agora.

I Love New York está entre minhas favoritas, é uma versão que podemos chamar stripped down, não é dance como a oficial nem tão rock como a demo lançada do album I'm Going To Tell You A Secret, ela fica "em cima do muro" mas é muito boa. 

Ouvindo a prévia é claro que ficamos loucos ao ouvir segundos de uma nova música Funny Game, mas ouvindo o album acabamos descobrindo que FG nada mais é que uma demo do que veria ser a faixa Superpop ou pelo menos mais uma demo descartada que Madonna acabou reaproveitando parte das letras como aconteceu algumas vezes. É diferente, parece um remix. O refrão que mudou "this is a funny game, why don’t you do the same. This is a funny game, why don’t you try it yourself." 

Fighting Spirit é maravilhosa e aqui temos a versão demo instrumental encerrando o album.

A arte lindonna é obra de RobertoFer.
With a heart full of gratitude thanks so much Bertrand for making 
this possible for all of us.






sexta-feira, 3 de julho de 2020

Live 8


Procurei, procurei e não encontrei uma postagem com o Live 8 embora tenha certeza de ter feito anos atrás. Mas, atendendo pedidos; aqui está o show que Madonna fez em Londres celebrando os 20 anos do histórico Live Aid de 1985.

Madonna cantou Like A Prayer, Ray Of Light e Music acompanhadas com alguns dançarinos que vimos em Re-Invention Tour e que veríamos na Confessions Tour, realizada no ano seguinte. 

Arte: Bedtime Artworks




quinta-feira, 2 de julho de 2020

Like A Prayer THE DEMOS


Voltamos as postagens especiais sobre as demos, dessa vez com o clássico album Like A Prayer, o grande momento em que Madonna se consolidou não apenas com uma artista para entreter mas também para fazer pensar. Madonna nunca foi tão pessoal em suas letras até esse momento e o album render grandes hits como a faixa título. Madonna e Patrick Leonard nunca estiveram tão bem. 

As demos legítimas dessa era são poucas mas a curiosidade em relação aos títulos que sabemos que é grande, quem não gostaria de ouvir as demos com a própria Madonna cantando Just A Dream e Possessive Love que foram cedidas para Donna DeLory e Marilyn Martin respectivamente e que são incríveis. Madonna fez o backing vocal para Just A Dream mas imaginem a música toda com ela. Outras demos nunca vazadas ou lançadas dessa era são Love Attack e First There´s A Kiss, essa última seria uma música sobre os amigos que Madonna perdeu devido a AIDS, ela própria comentou em entrevista em 1989 para a revista Bravo; talvez In This Life surgiu com essa música. 

As demos legítimas dessa era são apenas 4 contando com as demos que incrivelmente o próprio Patrick Leonard liberou ano passado: Cherish, Like A Prayer com vocais diferentes e final mais angelical e inédita Angels With Dirty FacesDear Jessie teve sua versão alternativa e instrumental vazada anos atrás.

Organizamos um link com algumas das demos mais famosos que os fãs pensam que são verdadeiras: Dear Jessie (Alternative Instrumentation Vocal Version) completamente fan made. Goodbye My Forever Friend é horrível e até pode parecer Madonna mas não é, doí nos ouvidos. Like a Prayer (Early Version) muito boa mas fake. E duas demos com Prince: Love Song (Unfinished Demo Mix) e Wouldn't You Love To Love Me (Demo) ambas fake e pelo que lemos essa última é um registro muito antes do album LAP e sem a sombra de Madonna. Em 2010 fãs acreditaram que cerca de 30 segundos de First There's A Kiss tinha vazado mas foi descoberto que apenas era uma música chamada (Hey Boy) Tell Me Why de uma cantora desconhecida chamada Shana, todos acreditaram. Essa música não foi incluída entre as fakes mas é facilmente encontrada no youtube.

Ano passado vazou Express Yourself (Rough Demo 18-10-88) e todos ficamos animados com a demo porém é uma falsa verdadeira. Explicamos: com esse album começamos a conhecer alguns arquivos que foram feitos com os stems (formato de arquivo de música, que separa o áudio em 4 canais diferentes – Beat, Baixo, Harmonia e Vocal), em outras palavras essa demo tem vocais legítimas da demo mas não é uma demo legítima, apenas parte. Outros arquivos assim foram produzidos por fans sortudos que tem o stems das músicas e esses arquivos serão incluídos nas postagens também a título de curiosidade. 

Hoje o album True Blue completa 34 anos de lançamento.





 

segunda-feira, 29 de junho de 2020

MEGA POST: The Virgin Tour SOUNDBOARD



Esse ano o blog chegou ao seu 11º aniversário e algumas postagens em formato retrospectiva foram feitas e hoje teremos um mega post especial para a lindinha da The Virgin Tour, a 1ª e maravilhosa tour da Rainha do Pop.



Esse mega post não contêm todos os registro da tour que temos mas apenas as mais conhecidas como soundboard, ou seja, os áudios direto da mesa de som com qualidade incrível, já que não tivemos esse registro lançado em CD oficialmente, muitos bootlegs foram lançados e nessa qualidade soundboard, temos 4: Portland (15/04/1985), Los Angeles (28/04/1985), Orlando (10/05/1985) e Philadelphia (29/05/1985). 

Todos os shows estão completos incluindo as pérolas Angel, Borderline e Burning Up cortadas na edição final da VHS lançada. Todas as faixas estão separadas.



Uma postagem incrível para você que é um leitor/seguidos incrível, obrigado pelo apoio.

Os posters que estampam essa postagem foram produzidos por Juan Schmidl.

PORTLAND

LOS ANGELES

ORLANDO

PHILADELPHIA


Oh Girlie ... The Girlie Show Live Paris



Começamos os serviços dessa semana com essa postagem incrível de The Girlie Show Live In Paris

O album é duplo e contêm toda a energia de Madonna nesse show, o primeiro da rainha que veio ao Brasil.

O áudio está maravilhoso e está no formato WAV. A performance de Bye Bye Baby no MTV VMA's  foi incluída como última faixa.

No link abaixo vocês encontram a arte completa também.



quinta-feira, 25 de junho de 2020

The Girlie Show Live in Australia (Central Channel Version)



Uma postagem muito especial para sua tarde, The Girlie Show ao vivo da Austrália extraído do canal central do áudio do DVD, nesse canal estão focados os vocais, graves e efeitos sonoros. Muito superior ao áudio do DVD.  

A impressão é que Madonna está com seu microfone ao seu lado, cantando para vocês. Com esse áudio conseguimos ouvir detalhes que não conseguimos no DVD, é uma experiencia nova. Prestem atenção em Vogue.

Thanks Scotty for the beautiful artwork and Planete Madonna for remastering.