De Michigan para o Mundo: Madonna


De Michigan para o mundo, de Nonni à Madonna.

Dos poucos dólares aos muitos que não podemos calcular.

Das demos rejeitadas aos grandes hits, muitos que viraram hinos.

Dos cabelos negros à ambição loira, ao moreno discreto, ao ruivo indiscreto, ao curto, ao longo, do curtíssimo ao longuíssimo.

Do anonimato à fama, do sucesso às rejeições e vice versa.

De rejeitada à paparicada, plagiada, perseguida, odiada mas amada.

Da família para as ruas, das ruas para a dança, da dança para a moda, da moda para a música, da música para a rádio, da rádio para a TV, da TV para o sucesso, do sucesso para as ruas, dança, moda, música, TV e para a família.

Da mais mal vestida à mais bem vestida, do ditar a moda ao seguir a moda.






De Dan, Jellybean, Sean, Warren, Tony, Carlos, Andy, Guy, Jesus, Brahim, Timor. Para Sean o coração, para Guy a família. Esse coração precisa de uma família novamente.

Das pistas de dança ao romance.

De Everybody à Turn Up The Radio, de Madonna à MDNA.

Da egoísta à justiceira, da vulgar à espiritualizada, das lutas às vitórias, 
dos 0 aos 56:
 um vida, 
Madonna.

(Inco Muller)

HAPPY BIRTHDAY MADONNA


0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget