Zephyr Session



Após Evita e Lola Madonna estava muito inspirada e desejava fazer um novo album, alguns produtores foram chamados mas Madonna não encontrava a sonoridade que deseja; até William Orbit entrar na história.

Orbit já havia remixado alguns singles de Madonna (Justify My Love, Erotica e I'll Remember) mas nunca haviam se encontrado. Guy Oseary pediu para Orbit enviar algumas fitas para Madonna, ele não levou a sério, Guy insistiu e ele finalmente mandou um fita com 13 demos. Madonna adorou e mudou os produtores.

Detalhes de quais músicas estavam nessa fita não sabemos, eram ideias e instrumentais. Recentemente o produtor carregou várias demos (ideias usadas ou descartadas) em seu canal no soundcloud, algumas foram facilmente identificadas.

Ambition é a 1ª demo de Ray Of Light, primeiramente apenas uma instrumental e posteriormente ganhou vocais de Christine Leach em 1996, em parte as letras eram de Sepheryn, de Clive Maldoon e Dace Vurtis (1971). Zephyr estava entre as demos. Madonna acresentou mais alguns versos e assim nasceu Ray Of Light. A demo com Madonna tinha mais de 10 minutos.

Do muitos arquivos postados por Orbit outras músicas foram identificadas como a versão instrumental de Drowned World chamada Found World, The Other Side que é a demo de Swim e Throb The Oceans que é a demo de Candy Perfume Girl.

Tastes Like The Rain é a demo de Amazing gravada para Music mas por ter sido lançada no mesmo período foi incluída também.

Zephyr Session é um album curioso, demonstra claramente como é o progresso das músicas no decorrer do tempo de produção, especialmente Ray Of Light.

Ainda essa semana será lançado outro album com demos, Mantra Demos; aguardem.

Merci Maurice


0 comentários: