No apê com Madonna



Inco quer, Inco pode...

Estive onde todo fã de Madonna gostaria de ter estado.
Estive dentro da casa de Madonna, com Madonna.

A manhã estava um tanto quanto nublada e meu coração estava eufórico, cada passo que eu dava parecia uma eternidade, eu estava cada vez mais próximo da entrada do apartamento de Madonna. A cada passo que eu dava
eu só pensava em uma pergunta: Can I hug you? Can I hug you?

Finalmente eu estava na frente da imensa porta que iria me levar ao apartamento dela.

Primeiramente vou descrever como é o apartamento, imagino que vocês tem uma idéia, a mesma que a minha mas eu me enganei feio sobre isso! Todos imaginam um apê luxuoso, imenso. É, o apartamento é grande, mas extremamente simples. Logo após passar a porta eu já estava de frente com a sala de jantar e outros aréas, e a direita um imenso corredor que levava aos quartos.

Como falei o apartamento é extremamente simples, familiar. Há fotos por todos os lados, quadros e painéis de fotos, mas se engana aquele que pensar que são fotos conhecidas ou de fotógrafos famosos. As fotos são fotos comuns, tiradas em momentos em que Madonna é mãe e dona de casa, a Madonna mulher não a Madonna estrela. Há diversas fotos de Madonna ainda bebê e uma outra versão daquela foto de Madonna na Primeira Comunhão que roda internet afora. Há fotos da família e amigos de Madonna. Uma foto em especial me chamou a atenção, na verdade era uma pintura (daquelas com moldura azul que vemos normalmente em casa de avós), a pintura representava a mãe e o pai de Madonna, juntos, lado a lado... muito bonita e tocante...mas por quê essa pintura estava na cozinha?

Eu estava no apartamento de Madonna! A pessoa que me acompanhava me levou até o corredor que levava aos quartos, e no fim no corredor era o quarto de Madonna e a porta estava aberta. Era muito cedo mas ela estava acordada e fazendo as unhas! De longe eu a vi, seus pés estavam no colo de empregada que também é manicure, super funcional isso hein?

Eu vi a Madonna, de roupão; fazendo as unhas! E vi mais ainda que rapidamente, porquê o meu acompanhamente só queria me mostrar a casa naquela momento, Madonna conversaria comigo mais tarde. De longe vi a cama de Madonna, e me surpreendi novamente com a simplicidade, uma cama de molas, daquelas antigas, o lençol era verde. Meu coração quase parou quando vi, acima da cabeceira uma foto inédita em um grande enorme, seria um novo ensaio, ou a capa do novo album (que furo de reportagem!), não sei e não me falaram nada sobre a foto mas é uma foto semelhante a foto que usei para a capa alternativa de MAD PACK 35 e que o Alê usou
na capa de Icon. A foto citada é a que estampa essa postagem, muito parecida com a foto pendurada na parede.




Madonna logo iria sair mas voltaria em breve, nem sequer me falaram onde ela iria. O pai e um primo de Madonna estavam na casa dela também e como sabiam que eu iria conversar com ela e que ela havia saído me convidaram para sair rapidamente com eles, o que prontamente aceitei. Seu pai é muito simpático!

Após alguns minutos eu voltei ao apê de Madonna e agora me sentia mais a vontade e fui olhar as muitas, muitas fotos espalhadas por toda a casa, eu estava acompanhado pela empregada / manicure de Madonna. Uma latina gordinha de cabelos encaracolados muito simpática mas que falava muito rápido tanto em Espanhol como em Inglês, o que dificultou a conversa. Seu sotaque era muito forte. Mas uma coisa que ela falou me chamou muito a atenção, foi uma única palavra falada no idioma universal do amor; não precisou de tradução, eu entendi perfeitamente. A palavra que ela usou era "sorriso", enquanto falava de Madonna e seus filhos, ela era só sorrisos; isso demonstrou claramente o quanto ela amava Madonna.

Troquei de roupa, logo Madonna estaria chegando e agora sim, chegaria o momento de nos encontrarmos.
Fiquei mais ansioso porquê ao ser convidado para ir para a sala de jantar (onde seria servido o desjejum) porquê as crianças estariam lá! Tão logo me aproximei as meninas sorriram para mim, Lola é incrivelmente parecida com sua mãe, ainda mais pessoalmente. A pequena Mercy é ainda mais simpática, logo pulo em meu colo e me ofereceu doces. Em cima da mesa havia muitas panquecas e chocolate quente.

Madonna estava prestes a chegar. Eu já estava sentado, esperando... e Madonna finalmente chega. E não estava voltando do estúdio ou de algo muito importante, Madonna estava fazendo o papel de dona de casa, ela chegou no apê com uma cesta enorme repleta de lençóis! Que visão mais ... simples, como tudo o que eu já havia visto naquela casa. Madonna estava de óculos escuros, camiseta de manga longa, jeans e cabelo solto, ondulado. Simples (novamente) mas linda.

A primeira impressão foi uma Madonna distante, mas foi só começarmos a conversar que eu vi uma Madonna maravilhosamente querida. E aquela pergunta que estava em minha mente (Can I hug you) finalmente tomou forma. Receioso, perguntei: Madonna, can I hug you? . . . a espera de uma resposta em segundos para mim pareciam séculos! A resposta eu não ouvi, mas senti: Madonna me abraçou!

Na rápida visita ao apê de Madonna, conversamos, rimos, me surpreendi e tomamos o café da manhã.

Eu estive onde todo fã queria ter estado, no apê com Madonna.

Que experiência, como escrevi no início do post: Inco quer, Inco pode. mesmo que seja só em sonho mesmo kkkk. Assim que acordei eu decidi que tinha que postar esse sonho! E aproveito e anuncio um novo espaço para vocês meus leitores, um novo espaço começa agora: MY BEDTIME STORY, se você já sonhou com Madonna e quer compartilhar esse sonho no blog, escreva para madholidayshare@hotmail.com e conte como foi seu sonho com Madonna, e publicaremos no blog.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget