Justify My Love - IMP Version





Justify My Love foi o divisor de águas de Madonna, a material girl abriu com essa faixa a terrível fase de sexual girl. Os escândalos alavancaram a venda do single e do primeiro vídeo-single da história.


Justify My Love, composta em parceria com Lenny Kravitz (que desde então fez parceria em outras ocasiões como em Ray Of Light no MTV VMA e em I Love NY na Confessions Tour) poderia ser simplesmente uma música romântica mas não aconteceu isso. Madonna queria escandalizar. Os fãs estavam ansiosos para saber como seria sua performance ao vivo no The Girlie Show, até que em meio as sombras surge um faixo de luz e Madonna, vestida da cabeça aos pés, em trajes vitorianos, lembrando o filme Dracula de Bram Stocker. A performance é contida, “por debaixo dos panos” e uma das melhores de Madonna; ainda que com o uso de playback boa parte da música.

Não é segredo para ninguém que não gosto da fase Erotica e escandalosa de Madonna, sua vida sexual não me interessa e sim sua performance como cantora/compositora. E sei que não sou o único. Tendo em vista esse público, produzi um single bonito, com arte clean e sem palavrões.

Gradativamente JML vai sendo alterada nesse single que começa com uma linda Intrumental Version. The Kennedy Mix é praticamente uma versão extend ida, esse remix também fará os fãs lembrarem de Marilyn Monroe; totalmente ligada a Madonna. Diepvries Edit já é uma pouco mais diferente, acordes diferentes. The English Mix é ótimo, JML recebe uma batida hip hop que os mais desavisados pode soar que JML foi produzida para o álbum Bedtime Story.
Samuel Dirty Vocal Alternate traz samples de Erotica.

Instrumental Version
The Kennedy Mix





0 comentários: